Histórico do Curso

HISTÓRICO

O Curso de Ciências Biológicas foi constituído inicialmente como uma licenciatura curta através da criação do Curso de Ciências com Habilitação em Biologia. Funcionou como curso de Ciências por mais de 20 anos, de meados da década de 70 até o ano de 1996. Com a extinção do curso de Ciências com Habilitação em Biologia, em 1996 foi implantado no então Centro Universitário de Aquidauana, hoje Câmpus de Aquidauana, o curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. Esta licenciatura foi reconhecida pelo Conselho Federal de Educação em 1996, conforme publicação do Diário Oficial da União de 13/01/1998.
Atualmente, a partir do final de 2010 e meados de 2011, com as mudanças realizadas pela Reitoria e Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PREG), que culminaram com extinção dos Departamentos e fortalecimento dos cursos do Câmpus, a Licenciatura em Ciências Biológicas está funcionando com ingresso de 45 alunos por ano, em regime de matrícula semestral por disciplinas, com funcionamento noturno e obedecendo a uma carga mínima de 3.519 horas/aula.
Os profissionais formados em Ciências Biológicas têm ingressado no mercado de trabalho como professores do ensino Fundamental e Médio em escolas da região, ou lecionando no ensino superior. Muitos têm sido aprovados em cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu em diversas instituições públicas estaduais e federais, como a Universidade de Campinas (UNICAMP), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita (UNESP), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Universidade Federal de Viçosa (UFV), entre outras, além do ingresso em programas de Pós-Graduação, mestrado e doutorado da própria UFMS.
As atividades de ensino, pesquisa e extensão às comunidades relacionadas ao curso de Ciências Biológicas desenvolvem-se contando com o apoio docente de cinco outras licenciaturas, os cursos de: Ciências Biológicas, Pedagogia, Letras, História, Matemática e Geografia. Há, no Câmpus, quatro laboratórios que servem de apoio a todas as atividades de ensino, pesquisa e extensão referentes principalmente às áreas de química, zoologia, microscopia, genética, ecologia e botânica, além de salas adequadas às aulas teóricas.
O Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, desde 2011, conta com um corpo docente formado por sete professores doutores efetivos. Os docentes do curso desenvolvem pesquisas nas áreas de: educação ambiental, genética animal; botânica; zoologia; comportamento animal, ecologia e bioquímica, e respectivas áreas afins.
 

OBJETIVOS

 A estruturação do curso tem por base os seguintes princípios:
I. Formar um profissional que atenda às exigências pertinentes à área de Ciências Biológicas, levando em consideração a identificação de problemas e necessidades atuais e prospectivas da sociedade, assim como da legislação vigente;
II. Garantir uma sólida formação básica inter e multidisciplinar;
III. Privilegiar atividades obrigatórias de campo, laboratório e adequada instrumentação técnica;
IV. Favorecer a flexibilização curricular, de forma a contemplar interesses e necessidades específicas dos alunos;
V. Explicitar o tratamento metodológico no sentido de garantir o equilíbrio entre a aquisição de conhecimentos, habilidades, atitudes e valores;
VI. Garantir um ensino contextualizado, assegurando a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão;
VII. Proporcionar a formação de competência na produção do conhecimento com atividades que levem o aluno a: procurar, interpretar, analisar e selecionar informações; identificar problemas relevantes, realizar experimentos e projetos de pesquisa;
VIII. estimular atividades que socializem o conhecimento produzido tanto pelo corpo docente como pelo discente;
IX. Estimular outras atividades curriculares e extracurriculares de formação, como iniciação cientifica, monografia, monitoria, atividades extensionistas, estágios, disciplinas optativas, programas especiais, atividades associativas e de representação e outras julgadas pertinentes;
X. Considerar a implantação do currículo como experimental, devendo ser permanentemente avaliado, a fim de que possam ser feitas, no devido tempo, as correções que se mostrarem necessárias.
 

DESCRIÇÃO

            O Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas tem como principal objetivo a formação de profissionais para atuar na docência, em escolas de ensino fundamental e médio, e para desenvolver o ensino, pesquisa e extensão nas mais diversas áreas das Ciências Biológicas.
            A Biologia é definida como a ciência que estuda os seres vivos, as suas inter-relações com o meio ambiente, além dos processos e mecanismos evolutivos que regulam a vida. A grande diversidade de seres que habita nosso planeta tem sido estudada detalhadamente, sobretudo nos dois últimos séculos. Isto resultou em um acúmulo significativo de conhecimento levando à subdivisão da Biologia em subáreas de conhecimento, diversificando-a e tornando cada vez mais especializada a atividade dos profissionais.
            O estudo da Biologia possibilita a compreensão de como a vida se organizou através do tempo geológico, sob a ação dos mecanismos e processos evolutivos, tendo resultado numa diversidade de formas sobre a qual atuam as pressões seletivas. Esses organismos, incluindo os seres humanos, não estão isolados, ao contrário, constituem sistemas que estabelecem complexas relações de interdependência. O entendimento dessas interações envolve a compreensão das condições físicas do meio, do modo de vida e da organização funcional interna e externa das diferentes espécies e dos sistemas biológicos. Contudo, particular atenção deve ser dispensada às relações estabelecidas pelos seres humanos, dada a sua especificidade. Em tal abordagem, os conhecimentos biológicos não se dissociam dos sociais, políticos, econômicos e culturais, e o entendimento dessas interações são fundamentais na formação do biólogo, independentemente da área em que ele irá atuar profissionalmente.
            Concluída a graduação, muitos ingressam no mercado de trabalho em Aquidauana e municípios vizinhos, como professores do ensino médio e fundamental da área de Ciências Biológicas, enquanto uma parcela crescente vem buscando ingressar em programas de Pós-Graduação Stricto Sensu oferecidos no Câmpus de Campo Grande e em outras instituições públicas brasileiras.
 

IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

Curso: Ciências Biológicas
Modalidade do Curso: Licenciatura
Título Acadêmico conferido: Licenciado em Ciências Biológicas
Modalidade de Ensino: Presencial
Regime de Matrícula: Semestral por Disciplina
Tempo de Duração:
Mínimo CNE: 6 semestres
Mínima UFMS: 8 semestres
Máxima UFMS: 14 semestres
Carga Horária Mínima:      
CNE: 2.800 horas
UFMS: 3.519 horas
Número de vagas: 45 vagas
Número de turmas: 1 turma/entrada verão
Turno de funcionamento: noturno e sábado pela manhã e tarde
Local de funcionamento: Campus de Aquidauana – Unidade II
Forma de ingresso: Por meio do SiSU (Sistema de Seleção Unificado) baseado no desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); (Movimentação interna de acadêmicos (na existência de vagas no curso); Transferências de outras instituições de ensino superior (na existência de vagas no curso); Para portadores de diploma de graduação (na existência de vagas no curso).

PÓS-GRADUAÇÃO

O curso ofertou, entre os anos de 2016 a 2018, o curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Ambientais (já encerrado). Veja como foi o curso de pós-graduação em Ciências Ambientais: https://cpaq.ufms.br/especializacao-em-ciencias-ambientais/